Descobridor de caverna na Serra do Divisor morre de Covid-19

Família diz que ele foi infectado no Hospital do Juruá


Seu Edson Cavalcante, que ficou conhecido mundialmente como descobridor de uma caverna no Parque Nacional da Serra do Divisor, onde morava, ele morreu de Covid-19 no Pronto-Socorro de Rio Branco neste domingo, 19.


Confira o vídeo:


A filha, Ana Júlia, conta que o pai foi internado na ala de suspeita de Covid-19 no Hospital do Juruá, em Cruzeiro do Sul. Ele apresentava uma massa no pulmão e tinha enfisema. Como o teste deu negativo, ele saiu da ala Covid-19 e foi para a clínica médica do hospital. Mas o quadro pulmonar se agravou ele foi transferido no dia 8 de julho para Rio Branco, onde o exame atestou coronavírus.  “Só em Rio Branco a gente soube que era Covid, mas ele pegou lá no Hospital de Cruzeiro”, cita ela.


Ele foi enterrado no cemitério Morada da Paz, em Rio Branco, ainda no domingo.


A descoberta da caverna se tornou mundialmente conhecida este ano, após a reportagem exibida na Amazonflix,  um canal do youtube que mostra histórias culturais da Amazônia. Ele mostra orgulhoso a caverna que descobriu há cerca de 5 anos, que tem cerca de 6 metros de extensão. “Muita gente já tinha me pedido para mostrar a caverna, aí agora eu resolvi. Só os corajosos entram”, comentou ele no vídeo.



0 comentário