top of page
  • Foto do escritorJenildo Cavalcante

ECO FOLIA 2024 – Prefeitura faz a entrega dos  quiosques, restaurante e barracas de bebidas e comidas

Mâncio Lima, a cidade mais ocidental do Brasil, de belezas naturais e de um povo ordeiro e acolhedor. O município é a porta de entrada para o Parque Nacional da Serra do Divisor, Terras indígenas e da Área de Relevante Interesse Ecológico Japiim Pentecostes.


Investimentos importantes da atual gestão e do Governo do Acre estão colocando Mâncio Lima no cenário nacional, prova disso, são os investimentos para urbanização da Alameda das Águas, a porta de entrada para unidades de conservação acima citadas.

Os investimentos, para a primeira etapa são o equivalente a R$ 3,7 milhões, o local destinado à realização de eventos no município e o Eco Folia, o Carnaval Ecológico, foi totalmente reestruturado com fossa séptica toda em concreto armado, construção de um restaurante, quatro quiosques, iluminação pública em LED, melhorias na pista, construção de arquibancadas modernas com acesso para cadeirantes e a construção de uma laje em concreto armado com guarda corpo para contemplação da natureza.

Na manhã da última terça-feira, 06, o Prefeito Isaac Lima realizou a entrega da concessão para os espaços que já estão prontos. Cinco permissionários, em que não é admitida a atribuição a terceiros ou sucessor a qualquer título, receberam as chaves de seus futuros estabelecimentos comerciais. A tarifa, que é paga anualmente para usar os empreendimentos, será baseada No Código Tributário Municipal Lei 260/2009, ou seu custo operacional e as exigências de melhoramento.

Na manhã desta quarta-feira, 07, foi a vez dos vendedores que estarão no Eco Folia 2024 receberem os espaços para comercialização de bebidas e alimentos.

Ao todo, serão 25 barracas de comidas e 30 de bebidas. Algumas regras devem ser observadas pelos foliões como garantia de um carnaval seguro, alegre e de paz.

Galeria de imagens:

 Assessoria de Comunicação Social

Jenildo Cavalcante

Beatriz Monte

Imagens: Evandro Ibernon

0 comentário

Commentaires


bottom of page