top of page

VI Feira do Peixe e Agricultura Familiar de Mâncio Lima movimentou mais R$ 250 mil

Durante a VI Feira do Peixe e Agricultura Familiar de Mâncio Lima, realizada na Praça São Sebastião, de 26 a 28 de março, foram comercializadas mais de 8 toneladas de pescado provenientes da piscicultura e da pesca artesanal. Junto com a venda de verduras, alimentação, frutas e artesanatos, a movimentação financeira foi de mais de R$ 250 mil.   

“Quando o SEBRAE trouxe a ideia de realizarmos esta feira na Semana Santa nós abraçamos como uma alternativa de renda para as nossas famílias de trabalhadores rurais. Com muito esforço e a vontade dos produtores da agricultura familiar tornamos este movimento grande, participativo e que já não é mais possível ser realizado na Praça do Centro pelo tamanho que tornou. Para mim é uma sensação de dever cumprido e um legado que deixo para os próximos gestores darem continuidade, porque esta feira não é da nossa gestão e sim da população de Mâncio Lima, disse Isaac Lima, Prefeito de Mâncio Lima.

O último dia da Feira foi marcado por uma acirrada competição culinária derivada do peixe, três competidores mostraram habilidade e gosto pela cozinha, apresentando pratos bonitos, criativos e saborosos.

Mas, por mais um ano consecutivo, o prêmio ficou com o jovem Antônio Sena, que este ano ganhou com o prato tambaqui supremo, levando para casa o troféu de campeão e mais R$ 1.200,00 em dinheiro.

“Para nós da Colônia de Pescadores é um prazer e uma satisfação muito grande ser parceiro da Prefeitura nesta feira tão importante para os nossos pescadores, foi um sucesso e além das nossas expectativas. Só o fato de o produtor ter vendido todo o seu produto nos alegra muito e, na Colônia de Pescadores, nossos pesqueiros venderam bem o peixe trazido dos rios e tiveram a oportunidade de participar do concurso de maior peixe  de rio da feira de 2024”, destacou Elton Dias, Presidente da Colônia de Pescadores Z-6 de Mâncio Lima.

A venda, embora um pouco abaixo da meta estabelecida, 15 toneladas, chegou a 10,5 toneladas de pescado e mais de 500 quilos de peixe derivado da pesca artesanal. Só o piscicultor Erisson Macedo vendeu mais de 4 toneladas. A Prefeitura ofereceu apoio com transporte dos produtos das propriedades rurais e as tendas e, a colônia de Pescadores Z-6 com o apoio na distribuição de gelo.

Galeria de imagens:

Assessoria de Comunicação Social

Jenildo Cavalcante

Beatriz Monte

Imagens: Evandro Ibernon

0 comentário

Comments


bottom of page