Verão: brigadistas e servidores da educação são capacitados para o combate a incêndios florestais


O clima quente e a vegetação seca são dois fatores propícios a uma das maiores causas dos incêndios florestais.


Com base nesse cenário, a Prefeitura de Mâncio Lima, por meio da Secretaria Municipal de Meio e Turismo, em parceria com o Corpo de Bombeiros Militar e a SEMA, estão realizando uma capacitação para brigadistas na prevenção e combate a incêndios florestais.

O objetivo do curso Brigada de Incêndio é treinar os brigadistas de forma teórica e prática, com os princípios básicos de prevenção e combate a incêndios, bem como, estabelecer um padrão de comportamento visando uma atitude adequada, rápida, segura e isenta de pânico em situações de emergência.

“Estamos começando o chamado verão amazônico e, é tradição que os parceiros se juntem ao Corpo de Bombeiros para a formação de brigadistas para controlar e conter essa prática de incêndios florestais descontrolados e, principalmente na zona urbana. Ainda estamos vivendo o período de pandemia e, fogo e fumaça são uma combinação extremamente perigosa. Vamos capacitar 10 brigadistas que estarão atuando durante todo o período do verão”, falou Rosaldo Marques, Secretário Municipal de Meio Ambiente e Turismo.

O Curso de formação de brigadistas, que ocorreu durante dois dias, 24 e 25, formou dez pessoas que irão atuar diretamente no combate ao fogo descontrolado.


A capacitação, dividida em teoria e prática, abordou conceitos de legislação, uso correto dos equipamentos, teoria do fogo, incêndios florestais, demonstração de material que é usado para combate aos incêndios e, uma demonstração real em uma propriedade rural.

“Nós vivemos na amazônia, num a região onde a vegetação é densa e, no período de estiagem, de verão forte, esse material de alta combustão tende a ficar propício para os incêndios descontrolados. O curso tem dois tipos de instruções, uma teórica, que aborda legislação, incêndios florestais e incêndios em vegetação e, o segundo é uma aula prática in loco, afim de que os participantes conheçam as técnicas de incêndios controlados, como combater e extinguir o fogo. Temos que preservar a nossa Amazônia, preservar a saúde alheia e, como nós bombeiros dizemos, salvar vidas alheias e as riquezas naturais”, disse o 1º SGT Filipe Cavalcante, Bombeiro Militar.

A aula prática possibilitou aos futuros brigadistas conhecerem as técnicas corretas e os equipamentos adequados para combater um possível incêndio florestal.


Após a formação, os brigadistas, um professor da Secretária Municipal de Educação e um técnico da Secretaria Municipal de Obras estarão atuando como multiplicadores, junto as escolas municipais e comunidades rurais.

“Tendo em vista a ocorrência de incêndios neste período que estamos chegando e, visto que, é necessário ser realizado um trabalho de conscientização e educação é que estou hoje como representante da SEMEC participando desta formação. Iremos levar junto as comunidades a importância da prevenção e do uso adequando do fogo, com palestras e visitas aos moradores da zona rural e urbana”, finalizou Luciano Rocha, Professor.

Assessoria de Comunicação Social Jenildo Cavalcante Beatriz Monte Imagens: Evandro Ibernon

0 comentário