Secretária de Assistência Social entrega cestas básicas para mulheres de Mâncio Lima


A Secretária de Assistência Social, Rocilda Mendonça, iniciou hoje, 26, a entrega de cestas básicas para as mulheres em situação de vulnerabilidade social e violência doméstica. As cestas básicas, foram doadas pelo Governo Federal, através da Secretaria Nacional de Políticas Públicas para Mulheres e da Secretaria de Estado de Assistência Social, dos Direitos Humanos e de Políticas para as Mulheres (SEASDHM) por meio do Gabinete da Primeira dama, Ana Paula Cameli.


“O nosso desejo é de atender todas as mulheres que estão em situação de violência doméstica, sabemos que em nossa cidade o número é maior do que essas 40 que haviam sido cadastradas. Vamos continuar com a política de apoio e auxílio as pessoas que mais precisam. Vamos priorizar aquelas mulheres que se enquadram no perfil do programa e que de fato necessitam deste auxílio”, disse Rocilda Mendonça, Secretária Municipal de Assistência Social.

Ao todo, o município recebeu 40 sacolões mediante um cadastro feito em 2020. Serão contempladas as mulheres vítimas de violência doméstica e em situação de vulnerabilidade. Também voltadas para mulheres egressas (que estão presas em sistema fechado, mulheres negras, ribeirinhas e indígenas).


“Essa cesta básica veio em boa hora, não é todo dia que a gente tem o dinheiro para comprar a comida, hoje mesmo, na minha casa, nós já estávamos sem nada, sou muito agradecida ao prefeito e a Secretária por não deixar de ajudar quem mais precisa”, destacou T. S de A., dona de casa.

Como forma de evitar aglomerações e a contaminação pelo novo Coronavírus, a Secretaria de Assistência Social está realizando a entrega das cestas de maneira gradual para grupos de 10 pessoas. Todas as recomendações sanitárias estão sendo adotadas.

“Estou muito contente em receber a cesta básica, hoje mesmo é um dia em que nem açúcar pra fazer o café nós temos. Fico feliz e muito grata em saber que o prefeito Isaac e a Secretária, sua esposa, lembram da gente. Hoje, graças a Deus e a eles meus filhos terão o que comer”, finalizou M. S da S, dona de casa.


Jenildo Cavalcante

Assessoria de Comunicação Social

Imagens: Evandro Ibernon

0 comentário