...
 

Prefeitura de Mâncio Lima entrega prédio à Gerência de Endemias e comemora combate à malária


Na semana que antecede as comemorações do Dia da Malária nas Américas, sábado (06), o prefeito Isaac Lima entregou, na manhã desta quinta-feira (04), a nova sede da Gerência de Endemias. Pela primeira vez na história do Município a gerência passa a ter uma sede própria.

“Para nós é uma conquista muita grande, pois, há mais de 20 anos atuando nas Endemias em Mâncio Lima, sempre trabalhamos em espaço cedidos ou alugados. Um ambiente como esse trás conforto, estímulo e dignidade para a execução de nossas ações. Mesmo a maioria da equipe atuando em campo é necessário ter um espaço para sistematização e consolidação dos dados, laboratório de análises e para as reuniões periódicas de planejamento”, disse Francisco Melo, Gerente de Endemias.

Com espaço amplo e acolhedor, o antigo posto Dr. Cerqueira, localizado no Bairro Guarani, passa a ser a nova sede das Endemias. Em maio deste ano, com a inauguração da nova UBS do bairro, o prédio passou por reformas e foi equipado para a gerência. Sua localização, na Avenida Japiim, facilita o acesso e o desenvolvimento das ações.

“Este prédio que está sendo entregue aos profissionais das endemias é um marco histórico, pois, os mesmos sempre tiveram que trabalhar em espaços pequenos, cedidos e alugados. Aqui estamos economizando e utilizando os prédios públicos, a fim de evitar gastos com aluguel. Quando da inauguração da nova UBS já havia pensado em realocar esses profissionais para este local. Paralelo a isso, estamos apresentando números animadores na redução dos casos de malária, neste período invernoso as ações de identificação e eliminação de possíveis criadouros do mosquito da malária estão sendo feitas. Não tenho dúvidas que a equipe do Melo tem dado o seu melhor para mantermos os índices de malária baixos no município”, destacou Isaac Lima, Prefeito de Mâncio Lima.

A população manciolimense, em 2006 sofreu umas das maiores epidemias de malária, com uma população de 15 mil habitantes, mais de 10 mil pessoas foram infectadas pelo mosquito Anopheles. Ao assumir a prefeitura em 2017, a atual gestão montou um exército no combate à essa doença endêmica da região amazônica, reduzindo drasticamente os casos positivos.

Em 2020 a redução dos casos foi de 48% em relação a 2019 e, em 2021, com muito esforço e intensificação das ações, Mâncio Lima reduziu em 54% os casos da doença. De janeiro a outubro de 2021, foram detectados 867 novos casos de malária, o que equivale a 40% em relação ao mesmo período do ano passado.

“A malária não está erradicada e nem poderia, pois se trata de uma doença endêmica e comum da região norte do país, entretanto, manter o controle, manter os números dentro das metas estabelecidas pelo Ministério da Saúde tem sido nossa tarefa diária. Ver os Agentes de Endemias, os combatentes da malária, de casa nova é motivo de alegria e orgulho, o Prefeito Isaac Lima e a Vice-prefeita Ângela Valente sempre tiveram esse cuidado com a saúde preventiva. Esta equipe, mesmo estando com a baixa nos casos de malária, foi reforçada por entendermos que temos que estar vigilantes e atentos aos novos focos ou surtos da doença, nossos profissionais estão trabalhando na zona urbana, zona rural terrestre e fluvial, só temos a agradecer o esforço, empenho e dedicação de cada um”, finalizou Ajucilene Gonçalves Mota, Secretaria Municipal de Saúde.