...
 

Prefeitura de Mâncio Lima e Governo do Acre investiram mais de R$ 230 mil na agricultura familiar


Os investimentos fizeram parte do Programa de Subvenção à Aquisição de Alimentos com compra emergencial direta do produtor rural, visando a melhoria das condições de alimentação, nutrição e saúde e, uma alternativa de minimização dos impactos da Covid-19.


A Prefeitura de Mâncio Lima em pareceria com o Governo do Estado encerraram nesta quarta-feira (20), a última entrega de alimentos oriundos da agricultura familiar. Em Mâncio Lima, mais de 800 famílias foram contempladas com kits compostos por pouco mais de 16 itens bem como macaxeira, jerimum, farinha de tapioca, goma, farinha de mandioca, couve, alface, cebola, pimenta, banana, feijão, melancia dentre outros. Os kits estão avaliados entre R$ 100 a R$ 120 reais. Só nesta última entrega 200 famílias foram beneficiadas.

O Programa de Subvenção à Aquisição de Alimentos é uma ação emergencial dos governo Estadual e Municipal com o objetivo de fornecer alimentos da agricultura familiar, visando a melhoria das condições de alimentação, nutrição e saúde e, uma alternativa de minimização dos impactos da Covid-19, distribuídos pela Secretaria Estadual de Produção Agropecuária – SEPA, com recursos do PDSA II/BID, Secretaria de Estado de Assistência Social, dos Direitos Humanos e de Políticas para as Mulheres, Secretaria Municipal de Assistência Social.

“Quero agradecer a parceria com o Governo do Estado e demais secretarias que executam este programa de distribuição de frutas e verduras. Mâncio Lima está se tornando um polo produtivo e, prova disso, são as famílias e instituições de Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima e Rodrigues Alves que estão recebendo dos nossos produtores estes kits para subsidiar na alimentação das pessoas, que de maneira direta foram afetadas pela pandemia da Covid-19. Além de trazer segurança alimentar, o projeto aquece a economia local, diversifica a produção e trás um pouco de alento e auxílio para nossas famílias e as instituições que também estão sendo contempladas dentro do projeto”, disse Ângela Valente, Prefeita em exercício.

Em Mâncio Lima, a execução foi feita pela Associação Santa Cruz, do Projeto de Assentamento Tonico Sena que ao comprar os produtos dos produtores rurais repassa à Secretaria de Assistência Social e, cabe ao Centro de Referência de Assistência Social identificar as famílias de baixa renda, CadUnico, BPC, dentre outras em situação de vulnerabilidade social, devido a pandemia do novo Coronavírus.

“Em 2017 a Associação Santa Cruz foi contemplada com o Programa de Desenvolvimento Sustentável do Estado do Acre (PDSA) na cadeia frutífera e, a partir daí, fomos procurados para executarmos este programa de auxílio emergencial às famílias de Mâncio Lima, Rodrigues Alves e algumas instituições de Cruzeiro do Sul. Este programa veio atender as demandas dos produtores que estavam com seus produtos com baixa venda e parados, devido a pandemia e, a partir disso, passaram a fornecer ao Governo do Estado e a Prefeitura, melhorando a renda familiar e aquecendo a economia do Município”, falou Josimar Souza, Presente da Associação Santa Cruz.


Foram investidos R$ 231 mil na zona rural, ao todo, 66 produtores participaram da distribuição dos alimentos, com valorização de 10 a 15% do produto que seria vendido em uma feira. Cada agricultor recebeu a quantia de R$ 3 mil, e foram realizadas de 2020 a 2021 quatro entregas de kits com alimentos em Mâncio Lima, Cruzeiro do Sul e Rodrigues Alves.