top of page

Público recorde prestigia última noite do 4º Festival do Coco de Mâncio Lima

Mais de 25 mil pessoas estiveram no show do rei do piseiro Marcynho Sensação, a estrutura montada no Estádio Totão atendeu e foi suficiente para o público presente.

O Complexo Esportivo Totão foi cenário de um dos maiores shows que a cidade de Mâncio Lima já recebeu. O último dia da 4ª Edição do Festival do Coco recebeu mais de 25 mil pessoas que vibraram e cantaram todos os ritmos de um dos maiores cantores de piseiro do Brasil, Marcynho Sensação.

Iniciava a noite, quando população começou entrar no estádio. Famílias inteiras, casais, grupos de amigos, moradores locais e visitantes de outros municípios chegavam para a ultima noite do festival. No gramado do Totão, duas partidas de futebol fez a alegria dos torcedores e, nos estandes e bares a movimentação já era intensa.


“O sentimento é de gratidão, foram mais de dois meses de planejamento, de organização para recebermos a população neste que já é um dos maiores festivais do Vale do Juruá. Este show, superou todas as nossas expectativas, seja de público e/ou de vendas. Esta multidão só confirma o que a organização falou lá atrás, de que mais de 20 mil pessoas estariam aqui nesta noite”, ressaltou Alana Souza, Secretária Municipal de Produção.

As bandas regionais começavam a aquecer os presentes, o público animado cantou e dançou ao som de Alcicleia Mendonça e, coube ao cantor Bruno Barros sacudir a multidão e em uma única voz, chamar Marcynho Sensação. Já era madrugada da segunda-feira quando mais de 25 mil pessoas, de acordo com estimativa da Polícia Militar, receberam no palco principal o rei do piseiro.

“Eu fiquei arrepiado e emocionado quando subi no palco e vi a quantidade de pessoas cantando os meus hits e dançando muito. Um show belíssimo, uma galera animada que me recebeu de coração. A distância e a demora do voo da Paraíba até Mâncio Lima compensou muito. Espero voltar outra vez à esta cidade linda pra fazer muito piseiro e pressão com esta galera top que estou apaixonado”, ressaltou Marcynho Sensação.

Marcynho Sensação, dono de inúmeros hits, que passaram pelas primeiras posições das paradas musicais e das plataformas digitais, não deixou o público parado um só instante, a música “Rolê”, que o tornou conhecido em Brasil, foi o hino da noite. O artista de Pilões, cidade do estado da Paraíba soma mais de 1 milhão de ouvintes mensais no Spotify.

“Não tenho dúvidas que esta foi a melhor escolha que fizemos para cantar no Festival do Coco. Nossa população estava ansiosa por um show da magnitude que foi este, os dois anos da pandemia da Covid-19 nos isolou, porém, criou nas pessoas o desejo de sair, de se divertir e acima de tudo se confraternizar. Quero agradecer de coração a cada manciolimense e a cada visitante que nos prestigiou, que comprou nos nossos expositores contribuindo para o aquecimento da economia e renda extra das famílias que estiveram nos três dias de festival com seus pontos de venda”, finalizou Isaac Lima, prefeito de Mâncio Lima.

Mesmo com o estádio lotado, o número de ocorrência de natureza mais grave foi zero, o comandante da Policia Militar em Mâncio Lima, Primeiro Tenente Odair José Nogueira de Miranda, ressaltou que o ambiente fechado com segurança reforçada na portaria e nas dependências do estádio foi essencial para o evento terminar sem registros de violência e/ou ocorrências policiais de outras naturezas. Ainda no palco principal, foi realizada a premiação do torneio Master de futebol de campo e do Campeonato Manciolimense da 1ª divisão. O festival foi uma parceria entre o SEBRAE e a Associação Comercial e Empresarial de Mâncio Lima.

Galeria de imagens:

Assessoria de Comunicação Social

Jenildo Cavalcante

Mídias sociais: Beatriz Monte

Imagens: Evandro Ibernon/Pedro Benevides

0 comentário

Comments


bottom of page