...
 

COVID - 19: Mâncio Lima lidera ranking de cobertura vacinal contra o novo Coronavírus no Acre


O Município de Mâncio Lima está em destaque estadual, ocupando o 1º lugar, no mapa de cobertura vacinal contra o novo Coronavírus no Acre. a lista foi divulgada no começo desta semana pelo Ministério da Saúde no portal do SUS.


“Nós recebemos esta notícia com muita alegria e emoção, porque é algo que nos motiva a fazer mais e melhor. Nós temos levado a vacina da COVID-19 aos lugares mais remotos do Município, onde o acesso muitas vezes é feito somente a pé e, se o frasco for aberto ele precisa ser aplicado, o que leva nossa equipe a viajar a noite em busca das pessoas dos respectivos grupos para atingirmos a nossa meta. Temos uma equipe muito comprometida, dificilmente não temos um Agente de Saúde em campo realizando a busca ativa”, destacou Ajucilene Gonçalves, Secretária Municipal de Saúde.

O município se isolou na liderança com 81,68%, estando logo atrás a cidade de Manoel Urbano, com 75,48%. Hoje, a cidade já recebeu 4.882 doses de vacina e já aplicou 4.134 aos grupos dos indígenas, profissionais de saúde, segurança pública, ribeirinhos e idosos a partir de 60 anos de idade.

“Nós temos uma equipe grande que trabalha de segunda a sexta-feira e muitas vezes nos feriados e finais de semana. A vacina precisa ser aplicada logo devido o armazenamento e, mesmo assim nenhum frasco foi estragado e nenhuma dose perdida. Todos os lotes que recebemos foram aplicados, as doses que temos na geladeira é para as idoso que por um motivo o outro não poderiam tomar, para o profissional de saúde, área de segurança e ainda temos das populações ribeirinhas haja visto a recusa em algumas comunidades. É uma força tarefa muito grande para nos mantermos nessa posição de primeiro lugar”, disse a Secretária de Saúde de Mâncio Lima.

A outra cidade do Vale do Juruá, que faz parte das dez primeiras colocações é Cruzeiro do Sul, ocupando o 5º lugar. As vacinas são liberadas pelo Ministério da Saúde que define qual o grupo deverá set atendido, as que ainda estão no estoque, 748, só poderão ser aplicadas após a liberação do órgão de saúde.


“Eu gostaria de chamara atenção de algumas pessoas que acham que a vacina não é importante, e, gostaria de pedir, especialmente aos ribeirinhos que não deixem de tomar a vacina, estamos encontrando resistência nesse grupo e, eu vou estar conversando com Ministério Público porque tem fazer todo o possível para que ninguém a quem a vacina é destinada fique sem tomar as duas doses”, finalizou Ajucilene Gonçalves, Secretária Municipal de Saúde.

Os números fazem jus aos esforços da Secretaria de Saúde do município de Mâncio Lima, tendo como chefe da pasta a profissional de saúde Ajucilene Gonçalves, que desde o início da pandemia dedicou todos os esforços para minimizar os efeitos da pandemia na cidade de Mâncio Lima.


A pandemia ainda não acabou, e mesmo os vacinados precisam tomar todas as precauções necessárias para não se contaminarem ou passarem o vírus para outras pessoas. Ao tomar a primeira dose do imunizante, é preciso seguir com as medidas para evitar a disseminação do vírus e retornar à unidade, quando estipulado, para receber a segunda dose.