top of page
  • Foto do escritorJenildo Cavalcante

Cadeia produtiva do peixe ganha novos implementos para o fortalecimento e qualidade da produção


Com uma venda recorde de peixe em relação a feira de 2022, o Município de Mâncio Lima mantém a hegemonia de um dos maiores produtores de pescados da região. Somente na feira do Peixe deste ano foram comercializadas mais de seis toneladas de peixes criados em açude, esta atividade agrícola é a terceira maior economia da cidade.


“Nós estamos aqui na comunidade do Pé da Terra dando continuidade ao programa de recuperação e melhorias de açudes, a fim de dar apoio aos produtores rurais desta cadeia tão importante e fundamental para a nossa economia. No meu primeiro mandato construímos uma média de 100 tanques e, este ano, nossa meta é trabalhar para chegarmos a mais de 300 produtores atendidos para que voltemos ao ranking de maior produtor de peixe da região. Nós produtores, e aí é um pedido que faço, para que só solicitem as horas de máquina se realmente tiverem vocação para esta área visto o preço do alevino, da manutenção e o preço da ração”, falou Isaac Lima, Prefeito de Mâncio Lima.

Na propriedade do produtor rural Francisco Uilis Maia Dias, localizada da comunidade Pé da Terra, a piscicultura é a principal atividade agrícola da família, na última retirada de peixes como a matrinxã, tambaqui, curimatã e pirapitinga, foram vendidos mais de 500 quilos mesmo sem o açude ter passado por melhorias. Agora, após o apoio da Prefeitura no fornecimento da escavadeira elétrica, Francisco pretende dobrar a produção saindo de um mil para dois mil alevinos.


“Estou muito satisfeito com este apoio que estamos recebendo da prefeitura para melhorar o meu açude. Com esta parceria, estou economizando mais de R$ 7 mil, pois, se eu tivesse que alugar a máquina e as horas do operador seria um custo alto e, a gente que vive da agricultura não tem condições. Com estas melhorias vai ser possível sair de um mil para dois mil alevinos, porque este trabalho vai melhorar a qualidade da água, da barragem e a capacidade produtiva do meu tanque”, destacou o produtor rural Uilis.

O apoio da Prefeitura tem sido fundamental para que as ações cheguem a quem mais precisa, o apoio com insumos, escoação da produção e apoio técnico tem garantido uma produção exitosa e de qualidade. Para a ações nesta área, haverá um calendário de atendimento para os produtores com até 20 horas de máquina para cada piscicultor, o custo de transporte da máquina e do operador é por conta do município, ficando para o produtor, o combustível e a alimentação do operário com uma redução de mais de 80% de gastos para os beneficiados, uma economia de mais de R$ 7 mil. Os técnicos estarão em campo para orientar e acompanhar os trabalhos.

“Este trabalho é a continuidade das ações que a gestão iniciou há mais de três anos para fortalecer a economia local tendo a piscicultura como base. Somos referência nesta cadeia produtiva e, temos ativo e produzindo pouco mais de 100 produtores, criando e vendendo seu produtor. Nós, enquanto Secretaria de Produção, temos a missão de melhorar e ampliar o número de açudes em funcionamento, gerando renda para a cidade e melhorando a vida do produtor rural a partir deste esforço conjunto. Com a economia de mais de R$ 7 mil para o produtor rural, este recurso pode ser usando para compra de alevinos e ração. A Prefeitura está de parabéns, o nosso Prefeito Isaac Lima tem sido muito atencioso e exigente quanto a qualidade e os resultados deste programa”, finalizou Alana Souza, Secretaria Municipal de Produção.

Fundamental para a piscicultura, a escavadeira hidráulica prestará um serviço essencial para esta cadeia produtiva que está em ascensão e tem contribuído para a economia local. Centenas de famílias inseridas na agricultura familiar serão beneficiadas, na construção e melhorias de tanques e açudes.

A escavadeira hidráulica, que custou mais de R$ 1,3 milhão, fruto de emenda parlamentar do Ex-deputado Federal Manoel Marcos precisou de aporte financeiro no valor R$ 600 mil por parte do município.

Assessoria de Comunicação Social

Jenildo Cavalcante

Beatriz Monte

Imagens: Evandro Ibernon

0 comentário

Kommentare


bottom of page