top of page

A volta do Carnaval: após 3 anos a folia tem seu retorno com nova estrutura na Alameda das Águas

No pontapé inicial para o Carnaval 2024, a prefeitura de Mâncio Lima em parceria com o Governo do Acre, entregou neste sábado, 10, a primeira etapa da reconstrução da Alameda das Águas aos mais de 20 mil habitantes da cidade mais ocidental do país. O espaço, cujo nome atual homenageia o ex-governador Orleir Cameli, é uma das mais significativas praças culturais do Vale do Juruá.

“Com esta iniciativa, estamos fomentando o turismo e a economia local. Hoje, deixamos um legado para a população de Mâncio Lima. Esta obra, carinhosamente chamada por mim de sambódromo de Mâncio Lima é uma marca histórica de nossa gestão e do Governador Gladson Cameli. Estou muito agradecido pelo empenho de toda equipe do Governo por nos ajudar a transformar o sonho em realidade. Nossa cidade recebe um presente de qualidade, que acolhe os moradores e turistas com uma estrutura ampla, bonita moderna que antes era uma área alagadiça”, disse Isaac Lima Prefeito de Mâncio Lima.

O governador Gladson Cameli participou da cerimônia, que também reuniu o gestor do município, Isaac Lima; o prefeito de Cruzeiro do Sul, Zequinha Lima; o presidente da Assembleia Legislativa do Acre, deputado Luiz Gonzaga; o Deputado Nicolau Júnior; o Deputado Federal Zezinho Barbary; o titular da Secretaria de Estado de Obras Públicas (Seop), Ítalo Lopes, além de vereadores, Secretários Municipais e autoridades locais.

“Este é um momento para reconhecer as pessoas que colaboram e colaboraram com o desenvolvimento do Acre. A entrega deste cartão-postal é mais uma prova do compromisso que o Estado e o Município têm com essa região, que se destaca em vários setores da vida pública. O momento também serve para ressaltar a importância de se fazer política pautada na união e parcerias. Fico feliz ao ver os resultados, pois a Alamedas das Águas é uma área importante, que é usada pelas pessoas para o lazer, o turismo ou para se divertirem”, destacou o Governador Gladson Camli.

Numa área de 3.473 metros quadrados, foi construído um amplo e moderno restaurante, quatro quiosques, uma fossa séptica, arquibancadas com acesso para cadeirantes e uma laje em concreto armado que possibilita ao folião uma experiência de imersão com a natureza; instalada iluminação com luzes em led, além de feitas melhorias na pista.

O empreendimento, além de fortalecer a infraestrutura e a cultura popular da região, promove o turismo sustentável, pois na Alameda das Águas Orleir Cameli situa-se o porto que recebe e distribui turistas ao Parque Nacional da Serra do Divisor, popularmente conhecido como Serra do Moa e a duas Terras Indígenas.

Durante a solenidade personalidades do Município foram homenageadas com um troféu pelos préstimos ao município na cultura e na política, um dos homenageados foi o Ex-prefeito Luiz Helosman que na época construiu o aterro e foi o primeiro a realizar o carnaval de rua naquele lugar. A esposa do Ex-governador Gladson Cameli, dona Beatriz Cameli também recebeu a honraria.

Após a entrega da obra de infraestrutura, o Carnaval Eco Filia, oficialmente voltou. Depois de um intervalo de três anos por conta da pandemia da Covid-19 e das obras na Alameda, a festa foi liberada com a presença de centenas de foliões que, mesmo debaixo de chuva, não deixaram de ir prestigiar a primeira noite de Carnaval.

“A folia de Mâncio Lima é especial, é incrível pois ela tem uma energia boa e isso proporciona a todos nós fazermos um carnaval alegre e seguro. Valeu muito a pena esperar e poder estar em um ambiente novo e aconchegante”, falou o folião Rogério Alves.

A segurança deu o tom nesta primeira noite. O efetivo da Polícia Militar foi reforçado para atender a cidade e, os mais de 25 seguranças contratados pela Prefeitura garantiram a segurança dos foliões sem nenhuma ocorrência registrada. Hoje, a festa começa às 15h00 com a matinê para as crianças, vários blocos das cidades vizinhas e de Mâncio Lima já garantiram a presença.

Galaria de imagens:

Assessoria de Comunicação Social

Jenildo Cavalcante

Beatriz Monte

Imagens: Evandro Ibernon




0 comentário
bottom of page