...
 

A Independência do Brasil completa 200 anos


Há 200 anos, em setembro de 1822, foi proclamada a Independência do Brasil, então colônia de Portugal.


O calendário da nossa Independência não cabe na cena do Grito. Os historiadores já definiram que o nascimento desta nova nação foi um processo de anos, com mudanças que sacudiram Portugal, conquistas no campo de batalha e revoltas que aconteceram pelo país.


Há 200 anos, o centro do Rio de Janeiro era a sede do governo de Dom Pedro desde o retorno do pai dele, o rei João VI, para Portugal.

Em ambientes reservados, como o claustro do Convento de Santo Antônio, um grupo conhecido como clube da resistência planejava como reunir apoio para a então chamada causa brasileira.


Os passos da Independência também foram decididos nos templos da maçonaria, frequentados pelo príncipe e pelo ministro mais poderoso, José Bonifácio.

A Independência do Brasil foi declarada em 7 de setembro de 1822, às margens do Rio Ipiranga, na atual cidade de São Paulo, quando aconteceu o Grito do Ipiranga. O Brasil transformou-se em uma monarquia governada por d. Pedro I.


Com a independência, d. Pedro foi coroado imperador do Brasil e tornou-se d. Pedro I.

A independência do Brasil foi o processo histórico de separação entre Brasil e Portugal que se deu em 7 de setembro de 1822. Por meio da independência, o Brasil deixou de ser uma colônia portuguesa e passou a ser uma nação independente. Com esse evento, o país organizou-se como uma monarquia que tinha d. Pedro I como imperador.


Atualmente, o 7 de setembro é um feriado nacional que é marcado por comemorações públicas nas grandes cidades.


Fontes: Agência Senado/G1