Órgãos estaduais e municipais capacitam brigadistas para o combate aos incêndios florestais

Atualizado: 8 de jul.


O aumento expressivo nas taxas de desmatamento no estado do Acre, as elevadas temperaturas e a previsão de um “verão amazônico” mais seco, fazem dessa porção da Amazônia Ocidental mais vulnerável e a sofrer com incêndios florestais.


Mais de 8,8 mil focos de queimadas foram registrados no território do Acre em 2021. Isso é o que mostra os dados do Programa de Queimadas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), que contabiliza os registros desde 1998.

O total, no entanto, reduziu em comparação ao número confirmado em 2020, quando foram registrados 9.193 focos de queimadas no estado acreano. A redução foi de 3,9% entre os períodos avaliados.


Com base neste cenário, e já se antecipando para o verão que se avizinha, a Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Políticas Indígenas – SEMAPI, Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Turismo – SEMATUR e Corpo de Bombeiros Militar promovem de 05 a 09 de julho o Curso de Formação de Brigadistas e reciclagem pra quem já fez o mesmo.

“É importante ressaltar a importância da União das Instituições em na intenção de proporcionar qualidade de vida às pessoas através da manutenção de um meio ambiente saudável. Em Mâncio Lima, no passado, já tivemos sérios prejuízos com queimadas feitas de maneira desordenada, o fogo não é garantia de qualidade e alta produtividade, já existem diversos estudos que provam que o fogo pode ser substituído por outras práticas menos nocivas ao meio ambiente a saúde humana”, ressaltou Rosaldo Marques, Secretário Municipal de Meio Ambiente e Turismo.


Ao todo, serão formados 10 brigadistas que terão à disposição uma viatura e uma guarnição permanente atuando no município no período crítico das queimadas, após a conclusão da formação será disponibilizado a população um telefone para Disque Denúncia, o Plano de Contingência será o documento nortear para estas atividades.

“Esta parceria foi formada entre a Secretaria de Meio Ambiente e Políticas Indígenas - SEMPI e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Turismo- SEMATUR para garantir o combate ao fogo no período crítico para queimadas, que compreendem os meses de julho, agosto e setembro, na área da Área de Relevante Interesse Ecológico - ARIE Japiim Pentecostes e entorno, na qual se localiza grande parte do município de Mâncio Lima. Além dessa parceria, contamos com o apoio do Corpo de Bombeiros, no qual o comandante Josadac Cavalcante, autorizou durante o período crítico, a permanência de uma viatura e de um bombeiro que, juntamente com os brigadistas que estão sendo capacitados, irão compor uma guarnição de combate à incêndios nesta região”, disse Iracema Moll, Gestora da ARIE Japiim Pentecostes.

O curso de Formação de Brigadistas está sendo promovido em todas as Unidades de Conservação Estadual em parcerias com as Secretarias de Meio Ambiente. Em Mâncio Lima, o curso para combate à incêndios florestais na ARIE Japiim Pentecostes tem o objetivo de capacitar e instrumentalizar os brigadistas para atuar de forma efetiva e segura no primeiro combate ao fogo na região que sofre sérios problemas neste período em que se intensificam as queimadas urbanas e rurais.


Os equipamentos para o combate aos incêndios são fornecidos pela SEMAPI. Os recursos são oriundos do Projeto Paisagens Sustentáveis da Amazônia/ASL, Conservação Internacional do Brasil

Galeria de imagens:

Assessoria de Comunicação Social

Jenildo Cavalcante

Imagens: Evandro Ibernon